Porto Alegre,
 
        
 
       
Artigos
Assembleia Legislativa
CANOAS
Famurs
FECOMÉRCIO
Governo do Estado
GRAVATAÍ
OAB
SIMERS
SISTEMA OCERGS/SESCOOP
VENÂNCIO AIRES
 



 
  
 
 
02/07/2020

A  ação pretende mostrar para sociedade que todo e qualquer trabalho é essencial. O comércio vem sofrendo graves prejuízos com as restrições impostas diante do cenário da pandemia da COVID-19. A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Sapiranga reconhece a atenção e todos os cuidados que estão sendo tomados com a saúde pública, porém destaca que os empresários souberam se adaptar ao quadro cumprindo todas as exigências que foram criadas.

“A entidade está junto nesta luta, mas temos também muita preocupação com as graves consequências que já estão sendo enfrentadas pelos comerciantes, prestadores de serviços e indústrias locais, cujas atividades econômicas recentemente foram retomadas e encontram-se em risco de nova paralisação, o que acarretará prejuízos irreparáveis”, afirma a presidente da CDL Sapiranga, Clarice Strassburger.

Em ofício enviado ao executivo estadual gaúcho, a entidade ressaltou que caso não fosse trabalho ou serviço essencial, não existiria e nem seria desenvolvido.

“O que se quer dizer é que qualquer trabalho que provê o pão de cada dia na mesa é um trabalho essencial, pois todos trabalham para manter a sua sobrevivência, da família, gerar empregos, provendo a vida de vários cidadãos”, completa.

Destaca-se que na cidade de Sapiranga os comerciantes criaram o slogan justamente para comprovar a essencialidade de sua atividade econômica, pois é através do trabalho que é possível trazer o pão de cada dia na mesa das pessoas.

Texto: Marcelo Matusiak/Foto: Pâmela Riboli

 
Institucional | Anuncie Aqui | Edições Anteriores | Assine